O canal de vendas por WhatsApp está ganhando uma relevância cada vez maior, tanto para as marcas quanto para os consumidores. Isso porque este meio une o melhor de dois mundos: a praticidade das vendas online com o atendimento consultivo e personalizado das lojas físicas. Apesar da pandemia ter acelerado a adoção dessa estratégia, muitos negócios já vinham utilizando o WhatsApp para se comunicar com seus clientes, e para os empreendedores que ainda não estão nesse canal, é importante observar que atualmente, no Brasil, existem mais de 120 milhões de celulares com acesso à internet. Desses, 98% possuem o aplicativo de mensageria instalado, mostrando o potencial que as vendas via chat-commerce têm de alcançar um grande público.

"O atendimento por WhatsApp tem uma característica que acreditamos ser fundamental para o sucesso do canal: a humanização. Afinal, este meio fica entre o e-commerce (por ser digital) e as lojas físicas (por ser um meio conversacional), e é este segundo ponto que faz toda a diferença para o consumidor. No atendimento por chat, o cliente pode tirar dúvidas, negociar e conversar com um vendedor real. É este relacionamento que torna o atendimento pelos canais de mensageria tão interessante para as empresas", explica Mauricio Trezub, CEO da OmniChat.

Nesse contexto, a  OmniChat , empresa líder no segmento de chat-commerce, traz 5 dicas para quem ainda não está vendendo pelo WhatsApp, mas deseja começar. Confira!

Tenha apenas um número para realizar o atendimento: Mesmo que sua empresa seja pequena, ou que você não tenha muitos funcionários que irão realizar esse trabalho de se comunicar via chat-commerce, é essencial que a marca tenha apenas um número, e que jamais utilize números pessoais dos atendentes. Isso dá margem para uma falta de controle das conversas, prejudicando as métricas de vendas e mostra uma falta de profissionalismo. Além disso, com a entrada da Lei Geral de Proteção de Dados, ter apenas um número ajuda a preservar informações fornecidas no chat.

Você viu?

Utilize outras redes sociais para deixar o link direcionado para o WhatsApp da marca: O interessante de utilizar outras redes sociais para divulgar o canal de mensagens da empresa é que essas mídias são acessíveis e criam uma conectividade com o público, o que torna a comunicação mais próxima. Existem diversas formas de fazer isso, a mais simples é colocar o número do seu WhatsApp na bio de todas as redes sociais vinculadas a sua empresa.

Tenha um catálogo atualizado e intuitivo: O catálogo é um recurso oferecido pelo próprio WhatsApp desde 2018 para as contas Business, e se essa ferramenta for bem utilizada, facilita muito o processo de visualização do cliente, porque mostra todos os produtos disponíveis. Não se esqueça de sempre adicionar o valor, pois muitas pessoas se sentem afastadas de uma compra quando não tem o preço de um produto já explicitado no catálogo. Essa também é uma boa ferramenta para os pequenos empreendedores que não têm site próprio.

Invista no conhecimento de seus atendentes: Um bom vendedor faz muita diferença, e essa é talvez a principal diferença do chat-commerce para o e-commerce tradicional. Por isso, invista no conhecimento dos seus atendentes, tanto em questão de produtos, quanto em educação, tempo de resposta e humanização na hora do contato. Também é importante frisar que erros de português precisam ser evitados, pois passam uma sensação para o cliente de que algo está incorreto e eles podem desistir da compra.

Explore os recursos do aplicativo: O WhatsApp proporciona recursos muito interessantes que mantém a conversa o mais natural possível e próximo de uma experiência presencial. O envio de áudios, emojis, imagens e figurinhas são recursos que aproximam sua marca do cliente, tornando a experiência de compra mais simpática e leve. Além disso, o próprio aplicativo na sua versão para negócios permite a empresa colocar respostas automáticas, o que é interessante para programar em momentos que não existe expediente e um cliente manda uma mensagem.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários